15.1 C
Santo Antônio de Jesus

Metalúrgica investirá US$ 25 milhões em nova fábrica de alumínio, no estado de São Paulo


Sede da Termomecânica, em São Bernardo do Campo, SP/ Fonte: Termomecanica – Divulgação

A nova fábrica de alumínio da Termomecanica, será instalada na cidade de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo

A Termomecanica, metalúrgica de transformação de cobre e suas ligas em produtos semielaborados e acabados, irá inaugurar no próximo mês uma nova fábrica, dessa vez focada na produção de barras de alumínio. Com investimento de 25 milhões de dólares, a planta instalada em São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, estima iniciar a operação com capacidade de produzir até 30 mil toneladas dos derivados do metal por ano. Veja ainda: Com investimento bilionário, estado de Minas Gerais irá receber 3 fábricas de latas de alumínio

A construção e os investimentos da nova unidade, no estado de São Paulo

Os aportes incluíram a construção da fábrica em São Paulo, a aquisição de equipamentos e a instalação de novas tecnologias. Atualmente, a Termomecanica tem um patrimônio líquido avaliado em mais de 800 milhões de dólares.

O presidente da companhia, Luiz Henrique Caveagna, disse que o foco da fábrica é o mercado de distribuição de energia. Hoje, a Termomecanica pode fabricar 80 mil toneladas de produtos de alumínio, cobre e suas ligas. “Essa nova linha de produção representa o aumento do nosso portfólio, de vergalhão, de barras e tubos. E o nosso principal nicho é o mercado de energia. As obras de expansão dos linhões e a distribuição são segmentos onde queremos estar presentes.”

Veja ainda: Fabricante de materiais de construção anuncia investimentos de R$ 2,5 bilhões e construção de nova fábrica no estado de São Paulo

A prefeitura de Botucatu e a Dexco (antigo Grupo Duratex), anunciaram em coletiva de imprensa, a construção de uma fábrica de alta tecnologia para a produção de revestimentos cerâmicos na cidade no interior de São Paulo. Com um investimento de R$ 600 milhões e capacidade de produção de 10 milhões de m² por ano, a companhia terá a primeira fábrica com tecnologia 4.0 desde sua inauguração.

Todas as linhas de produção da nova fábrica em construção, iniciarão seus trabalhos já robotizadas, com auto diagnóstico de máquinas e prontuários para manutenção via mobile. A unidade atenderá as marcas Ceusa e Portinari, produzindo placas cerâmicas de grandes formatos, que podem ser utilizadas em bancadas e fachadas, substituindo chapas de mármore.

 A construção desta nova fábrica em São Paulo, complementará a produção de revestimentos cerâmicos das quatro unidades da companhia localizadas no sul do Brasil, no estado de Santa Catariana nas cidades de Urussanga e Criciúma. O prazo de construção é de aproximadamente dois anos. A Dexco estima a geração de 350 empregos diretos na região e planeja a entrega da primeira linha de produtos produzidos no local para 2023.

Os investimentos da empresa em suas unidades somarão R$ 2,5 bilhões em três anos. Serão R$ 500 milhões na divisão Madeira, principal negócio da companhia, R$ 1,1 bilhão na Deca, R$ 600 milhões em nova construção da fábrica de revestimentos cerâmicos, R$ 100 milhões na aquisição de fatia minoritária da rede ABC da Construção, R$ 100 milhões em fundo de “venture capital” e R$ 100 milhões em aportes pontuais. Além do aumento da capacidade, os investimentos possibilitarão melhora de margens.



Candidate-Se, clicando Aqui

Conecte-se Conosco
15,575FãsCurtir
10,574SeguidoresSeguir
134SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
Mais Lidas
-Publicidade-spot_img
-Publicidade-spot_img
Relacionados